3 de jun de 2013

Estrada da vida!


Eu vou morrer sem entender essa estrada da vida, o porque de tantas curvas , o porque de tantos tchau, o porque de tanta dor, de tanta lagrima, o porque do sorriso ser tão passageiro, eu vou caminhando sem saber pra onde ir.Eu acordo ciente que tenho que me manter de pé, ainda que encontre quebra- molas que me faça cair, tropeçar, quebra-molas que me deixe com todas as palavras deitada no chão, sem nenhuma vontade me levantar , eu fico tentando entender o porque das pessoas serem tão previsíveis, o porque criamos tantas expectativas, o porque da dor querer sempre entrar em algo que nos faz realmente feliz, eu ainda vou viver me perguntando o porque de tudo nesse mundo. O porque do mundo está assim, o porque da falta de amor, da falta de verdade, o porque da mentira, o porque da decepção, o porque da gente ter que sofrer.. O porque, apenas o porque , de tudo ter que ser assim tão complicado, tão difícil,  tão distante, assim como essa estrada, que é longa, que não tem placa avisando aonde virar, aonde entrar aonde seguir, assim como essa estrada que na maioria das vezes não tem iluminação a noite, assim como na maioria das vezes vamos encontrar obstáculos querendo quebrar , destruir aquilo que nos mantém de pé. A estrada é longa e pelo fato dela não ter placas especificando quantos km falta pra chegar ao fim, eu vou andando, nem que seja arrastada , mais eu preciso ver aonde tudo isso vai dar. Se falta muito pra essa estada acabar!!


                                                                                           (Jully Molinna )
Postar um comentário
JULLYMOLINNA.COM · · Todos os direitos reservados © 2014 · Tecnologia Blogger